como importar roupas originais

Como Importar Roupas Originais dos Estados Unidos?

Manual ensina como importar roupas originais dos Estados Unidos para revender e conquistar lucros consideráveis em curto espaço de tempo.

O segredo para se sobressair em como importar roupas originais dos Estados Unidos é não importar direto do mercado americano. Parece loucura, né? Mas, se trata da mais pura verdade.

Os grandes varejistas jamais importam direto dos Estados Unidos seus produtos importados americanos. Muito pelo contrário, eles procuram mercados alternativos como o Peru, mais perto do Brasil, e, portanto, com menos custos na importação.

Veja Como Importar Roupas Originais dos Estados Unidos

Existem muitas fórmulas de como importar roupas originais dos Estados Unidos, mas o método a seguir se trata da forma mais barata conforme especialistas no setor.

Primeiramente, você não precisa abrir uma empresa gigante, repleta de contadores, despachantes e advogados para importar roupas originais dos Eua.

Apenas um simples registro MEI (Microempreendedor Individual) para ter CNPJ já é o bastante.

Seja ao registro MEI ou no sentido de realizar importação das roupas originais americanas, você não precisa sair da sua casa.

Acesse as melhores páginas de vendas do Peru e compre com um cartão de crédito internacional.

Atenção: As melhores fábricas de roupas americanas também estão no Peru, de modo que você não deve ficar com medo de adquirir produtos falsos.

Não há correio direto de lá para cá. Ao invés de encaminhar as compras para estes redirecionadores caros, com certeza você tem muito mais a ganhar ao direcionar os produtos para freteiros que cobram frete por quilo.

Graças ao frete por quilo você economiza até 60% a mais na comparação com as compras via redirecionadores como Shipito.

Sem contar que muitas vezes com os serviços dos freteiros por quilo as compras chegam mais rápido, principalmente nas regiões próximas ao Brasil.

Na sequência da chegada dos produtos na sua casa você precisa trabalhar num sistema para revender.

Abrir loja online é uma boa dica, assim como comerciar no Mercado Livre, Facebook e até Instagram.

Se você seguir os preciosos conselhos no sentido de como importar roupas originais dos Estados Unidos (quer dizer, do Peru), ao direcionar as compra aos freteiros por quilo, certamente será possível baratear os custos e vender produtos a preços mais baixos que a média varejista.

Quer saber mais como importar roupas originais dos Estados Unidos? Então, confirme a sua inscrição no curso Segredos Sobre Importação 3.0.

Importar produtos para revender

Como importar produtos para revender e realizar uma verdadeira transformação positiva na vida financeira? Com desemprego sempre em alta no Brasil muitas pessoas querem trilhar os caminhos da vida dos importadores.

Mas, você não deve seguir os ensinamentos de grande parte dos sites e cursos na internet uma vez que deseja importar produtos para revender sem excesso de custos.

A maioria dos sites diz para você fazer aquele velho esquema: Conseguir um cartão de crédito internacional, comprar dos sites das grandes varejistas chinesas e americanas, encaminhar as compras ao redirecionador e depois receber em casa.

O problema é que este método antiquado está entre os processos mais caros para importação. Desta forma, você gasta tanto dinheiro ao importar produtos que no final das contas não sobra quase nada de lucro após revender no mercado nacional.

Mas, os maiores importadores escondem um método muito mais barato e rentável para quem deseja seguir meios rentáveis de como importar produtos para revender com garantia de lucro na revenda.

A Melhor Forma de Como Importar Produtos para Revender

Ao invés de arriscar seu negócio com custosos métodos para importar produtos e revender, você pode adquirir as mesmas compras nos países mais próximos, ou, comprar direto dos fornecedores nacionais de itens importados.

Importar: Atualmente você consegue comprar mais barato qualquer produto importado que faz sucesso nas vendas nacionais, desde roupas até tecnologia.

Por exemplo, o Peru, um país conhecido por causa dos baixos impostos às empresas, está repleto de fábricas de marcas de vestuários americanos e europeus.

Verdade seja dita: É mais barato importar do mercado peruano do que direto da Europa ou dos Estados Unidos os mesmos produtos com a mesma qualidade.

Comprar no Brasil: Ao visitar locais de grande movimentação econômica em São Paulo é possível encontrar preços de atacado nos relógios originais de luxo, nas roupas importadas e outras produções.

Nenhuma grande varejista no Brasil que se preze importa produtos americanos ou chineses direto dos Estados Unidos ou da China.

A compra acontece de fornecedores diretos estabelecidos no Brasil, Paraguai ou Peru, o que barateia custos em mais de 60%, conforme indicam pesquisas qualitativas a respeito do assunto.

Agora que você já sabe como importar produtos para revender vale a pena conhecer um método que ensina o passo a passo da importação mais barata.

Se trata do curso Segredos Sobre Importação 3.0, que ensina tudo a você não ter excesso de custos no caminho de como importar produtos para revender.